Seu portal de fofoca

J. K. Rowling, autora de ‘Harry Potter’, faz comentário transfóbico e é detonada nas redes

A escritora britânica, J. K. Rowling, recebeu críticas de vários seguidores e fãs após insinuar, por meio de uma publicação nas redes sociais, que “mulheres trans não são mulheres”.

A autora da saga “Harry Potter” compartilhou no Twitter uma imagem de um muro em que é possível ler “Repita conosco: mulheres trans são mulheres”. No entanto, sobre a fotografia ela escreveu “Não”.

Veja o post em que J. K. Rowling foi acusada de transfobia

Seus seguidores repudiaram a publicação. Um dos comentários na imagem compartilhada dizia: “É ridículo que isso tenha que ser questionado. Bem-vindo a 2023”.

Outros atos transfóbicos da autora de “Harry Potter”

Esse não foi o primeiro ato transfóbico da autora da saga “Harry Potter” nas redes sociais.

A autora tem sido alvo de críticas por parte dos fãs nos últimos anos devido ao seu comportamento reacionário, que inclui atitudes discriminatórias e manifestações ofensivas dirigidas à comunidade LGBTQIAP+.

Em outra ocasião, Rowling publicou um artigo que fez uso da frase “pessoas que menstruam”. Ela questionou o uso da expressão e fez piadas a respeito do fato de que já existe uma palavra para se referir a esse grupo, que, no contexto, se refere às mulheres.

No entanto, o propósito da reportagem era ser inclusivo, abrangendo também homens trans que, por terem nascido com sexo biológico feminino, também passam pelo ciclo menstrual.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.