Seu portal de fofoca

Jovem que estava com jogador do Corinthians tem atestado de óbito divulgado e aparece lesão em suas partes íntimas

Foi divulgado o atestado de óbito da jovem Livia Gabriele da Silva Matos, que morreu após ter um encontro sexual com o jogador Dimas Cândido de Oliveira Filho, do sub-20. O documento relata que a jovem de 19 anos sofreu uma “ruptura de fundo de ‘saco de Douglas’ com extensão à parede vaginal esquerda”.

De acordo com o g1, o termo ‘saco de Douglas’ é usado para se referir a uma região genital feminina que fica na parte baixa do abdômen, entre o útero e o reto. O caso aconteceu na noite da terça-feira (30), quando a jovem passou mal no apartamento do atleta e foi socorrida pelo SAMU, mas não resistiu após quatro paradas cardíacas.

Apesar disso, é necessário destacar que o laudo ainda carece de exames complementares – tais como necroscópico, toxicológico e sexológico, que devem apontar o que causou a ruptura na área genital de Livia. Além disso, as autoridades também aguardam os resultados se o casal consumiu algum tipo de substância como álcool ou entorpecentes.

Advogado da família da vítima dá detalhes

Até o momento, o falecimento de Livia Gabriela está sendo investigado como morte suspeita pelas autoridades. Para a TV, Alfredo Porcer, o advogado da família de Livia, falou sobre o assunto.

“É tudo muito prematuro ainda. Vai ser anexado o laudo do IML, prontuário médico com os primeiros atendimentos. O atestado de óbito deu uma ruptura no fundo do saco de Douglas (…), e essa ruptura, aparentemente, numa relação sexual normal ela não rompe. O que está sendo investigado pela polícia é se houve violência ou introdução de algum objeto”, disse o profissional.

Sobre Dimas, o advogado alega que o pai de Livia Gabriela descreveu alguns fatos um tanto controversos. “O que eu posso trazer aqui é que o pai acabou de me falar que no hospital ele queria ir embora, que ele estava com uma passagem comprada, bastante tenso”, alegou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.