Seu portal de fofoca

Musicas sertanejas não podem ter palavrões? Felipe Araújo fala sobre isso

Felipe Araújo, conhecido pelos seus sucessos como ‘Atrasadinha’ e ‘Amor da Sua Cama’, deu sua opinião sobre o motivo pelo qual músicas sertanejas não contém palavrões. Foi na última quinta-feira (8), que o artista falou sobre as próprias canções e sua escolha pessoal na hora da letra.

Foi entrevist ao G1 que Felipe Araújo falou sobre Última Noite, seu novo single em parceria com Luan Santana, que chamou atenção por ter vários palavroes na composição. Questionado sobre o motivo do sertanejo ser o ritmo mais ‘certinho’, ele opina: “É o momento, na verdade. Não foi por ter o palavrão que eu quis gravar a música. Poderia até mudar a palavra, mas não achei nada que fizesse sentido”.

Para Felipe Araújo, essa onda de músicas com palavrões é uma “tendência” que está crescendo no mundo sertanejo. “Sempre que der para evitar é melhor, se tiver essa possibilidade. Muitas crianças ouvem a gente, se inspiram na gente. A gente tem que dar o exemplo. Nesses casos, especificamente, não tinha como”, continuou.

Felipe Araújo fala do irmão, Cristiano Araújo

Muita gente não sabe, mas Felipe é irmão do falecido cantor Cristiano Araújo, que morreu no dia 24 de junho de 2015, devido um trágico acidente de carro. Na época, o artista estava com 29 anos e começava a colher os frutos do seu sucesso.

Ainda na entrevista, Felipe Araújo foi questionado se um dia poderia gravar um projeto com músicas do irmão, ao passo que ele prontamente se negou. “No começo tinha muita gente que pensava que depois que o Cristiano faleceu foi quando eu comecei a cantar. Era um menino que jogava bola e falaram ‘vamos fazer esse menino virar cantar’. Tinha muita gente que pensava isso, né?”, relembra.

Felipe Araújo estourou na mídia com a música ‘Atrasadinha’, que misturou um sertanejo com pagode em parceria com Ferrugem. A canção, inclusive, foi a mais ouvida de 2017. No papo, ele relembra sua trajetória. “Com meu primeiro projeto e com as músicas que vieram com força, as pessoas foram percebendo que eu não estava de brincadeira. Eu sempre quis fazer isso da minha vida e foi desvinculando aos poucos”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.