Seu portal de fofoca

Nego do Borel é condenado após faltar festa de 15 anos; entenda o caso

O cantor Nego do Borel foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro após faltar uma festa de 15 anos o qual havia sido contratado. O funkeiro deveria ter comparecido no evento em 2020, que ocorreu no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro.

A decisão ainda ganha o argumento de confissão do artista, que afirmou ter descumprido o contrato. Desta forma, Nego do Borel e sua empresa foram condenados foi condenado a pagar o valor de R$ 147 mil. “No mérito, em relação ao primeiro réu, como já dito, há notória confissão na contestação de que não compareceu ao evento contratado”, justifica o juiz Luiz Otavio Barion Heckmaier.

O montante se refere à multa contratual de R$ 30 mil, ressarcimento de R$ 87 mil e R$ 30 mil de indenização aos pais da jovem aniversariante. Apesar disso, a decisão ainda cabe recurso.

Entenda o caso

Tudo começou quando Nego do Borel foi contratado para uma festa de 15 anos, no Copacabana Palace, em 2020. Contudo, o cantor não foi ao evento e falou isso em público posteriormente.

Durante o programa Se Joga, da Globo, Nego do Borel contou sobre o caso e justificou sua ausência. “Fui contratado para fazer um show em São Paulo às 22h e outro no Rio de Janeiro à 1h. Daria tempo para sair do show, pegar o jatinho e chegar em Copacabana, mas o jato não chegou. Fiquei esperando, o pessoal do Rio me ligando, a mãe da menina desesperada, preocupado, chateado, com razão”, conta.

Nego do Borel ainda conta que não conseguiu ter contato com a família da aniversariante e pediu desculpas pelo ocorrido. “Entendo que estejam chateados. Não sei se ela vai assistir [ao programa] ou se a mensagem vai chegar até ela, mas queria aproveitar para me desculpar. Não tive a oportunidade de ter contato direto com a menina e a mãe. Houve contato entre meu escritório e a empresa que me contratou. A gente o tempo todo quis ajudar, mas não teve contato direto com a família”.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.