Seu portal de fofoca

Por que Marina Ruy Barbosa nunca pintou o cabelo? Atriz quebra o silêncio

Marina Ruy Barbosa é uma das atrizes mais conhecidas pelo público brasileiro. Estrelando diversos sucessos, principalmente na Rede Globo, a artista possui um fator controverso ao longo da carreira: nunca ter mudado radicalmente seu visual.

Acontece que, em diversos papéis, Marina recebeu a proposta de inovar e pintar ou cortar as madeixas – que são naturalmente ruivas e longas. A atriz, contudo, se negou veementemente – o que, com o tempo, se tornou um ‘meme’ entre parte dos internautas. Há também quem afirme que a artista não se entregue totalmente aos personagens justamente pela sua preferência de continuar ‘a mesma’.

Agora, Marina Ruy Barbosa fala abertamente sobre sua relação com a própria aparência. Foi durante o lançamento de um cuidado capilar que a artista de 28 anos opinou sobre o assunto.

Marina Ruy Barbosa revela porque não pinta o cabelo

Para a Quem, Marina Ruy Barbosa defendeu que a cor dos seus cabelos faz parte de quem ela é. “Para mim que sou ruiva, ser ruiva faz parte da minha personalidade, da minha vida profissional, da minha vida como empresária também. Eu sou a própria ginger”, afirmou, sendo ginger o termo para ruiva, em inglês e também o nome da sua marca de moda.

Ainda durante a entrevista, Marina foi questionada sobre a recusa em mudar o visual, defendendo que usou durante a vida inteira. “Sou apaixonada no meu cabelo muito longo. Então, eu, Marina, se eu pudesse escolher para minha vida, eu amo cabelão. Eu gosto do meu cabelo ruivo. Já fiz algumas mudanças, mas nenhuma mudança tão radical”, reconhece.

A atriz conta que chegou a usar uma lace em uma série, enquanto gravava outra novela com um cabelo natural. Já mais recentemente, a mudança mais radical envolveu o comprimento dos fios, já que, em Fuzuê, Ruy Barbosa vive a vilã Preciosa.”Junto com o pessoal de caracterização, a gente pensou no que fazer. O autor e o diretor queriam que eu continuasse ruiva. Então, falamos: ‘Vamos mudar o corte’. Aí a gente fez o corte um pouco mais curto. Deu um pouco de ‘dózinha’? Deu, mas faz parte”, detalhou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.